In Livros

Tony & Susan

Resultado de imagem para Tony e Susan book

O ultimo livro que passou por mim foi Tony & Susan, de Austin Wright - peguei esse livro porque amei o filme Animais Noturnos, de Tom Ford - o livro é uma adaptação para o cinema - então queria entrar na história mais uma vez, ao invés de assistir o filme novamente, porque não o livro? O filme é extremamente fiel ao livro original em casa passagem,  história narra de Susan Morrow que deixou Edward Sheffield, seu primeiro marido. Certo dia, em sua nova casa, no subúrbio, onde mora com o segundo marido e o filhos, ela recebe, pelo correio, um embrulho que contém o manuscrito do primeiro romance de Edward, ele lhe pede que leia seu livro: Susan sempre foi sua melhor crítica, justifica. O iniciar da leitura, Susan é arrastada para dentro da vida do personagem Tony Hastings, um professor de matemática que leva a família de carro para a casa de veraneio no Maine. Quando a vida comum e civilizada dos Hastings é desviada de seu curso de forma violenta e desastrosa, Susan se vê às voltas com seu passado, obrigada a encarar a própria escuridão e a dar um nome para o medo que corrói seu futuro e que vai mudar sua vida.

O medo é um sentimento que sempre rendeu ótimas histórias, algumas amargas, outras muito reais, o medo também é um sentimento estranho, que nem sempre aparece em situações de perigo ou extrema preocupação, ele pode estar tão entrelaçado a vida de alguém que se torna algo abstrato que a pessoa sabe que está ali, que tem algo que conduz e cerceia a sua vida, mas não há mais como definir. O livro que Austin Wright é aquele que causa medo em quem está lendo, deixa tenso a cada página, como se estivesse encurralando quem está passando as páginas. Os mais desatentos precisam ficar ligados, já que é um livro dentro de um livro, Susan se senta na cama e começa tragar o romance do ex-marido, no mesmo passo em que Susan é tragada, eu também fui, devorei a história de Tony, intitulada Animais Noturnos é uma história sobre violência, selvageria e vingança. Nós a acompanhamos pela visão de outra pessoa, um livro dentro de outro.


O romance que Susan lê (também é o que nós lemos) é daqueles que acontecem inúmeras reviravoltas, em cada uma delas temos a reação da leitora, e é como um espelho que nos reflete. Todas as vezes que tentamos pôr em palavras aquele momento em que ficamos com raiva de um personagem ou choramos pela morte de outro estão explícitos durantes as falas de Susan, e também pude ver como a leitura afeta a minha vida.

Related Articles

6 comentários:

  1. Oi Cleber! Nossa, parece ser uma história bem tensa e envolvente, gostei da premissa.

    estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, mas me interessei pela narrativa.

    Até mais,
    Emerson Garcia

    Fique ligado nos últimos posts do JJ antes do recesso de inverno!

    #jj #jovemjornalista #últimasemana #temporada2017A

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nada parecido, parece ser bacana!

    mariasabetudo

    ResponderExcluir
  4. Olá, Cleber.
    Eu vi esse livro faz tempo, mas achei que era romance e não me interessei por ele. E quando lançou o filme só vi criticas negativas, por isso não me interessei em assistir. Mas pelo o que você falou fiquei interessada. Acho que vou ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Nunca assisti a esse filme Animais Noturnos, mas esse livro Tony & Susan me deixou interessada. Ainda mais por ter que lidar com o passado que tem medo, já vivi tantas vezes isso. Realmente o medo é um sentimento que rende histórias e discussões. Enfim, gostei!
    Beijos!

    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  6. Interessante, não conheço nem o livro e nem o filme. Mas já anotei a dica :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir